Este documento tem por objetivo, comentar os principais resultados do estudo “Benefícios econômicos da adoção da biotecnologia: 1996/97 – 2011/12”1/ realizado pela Céleres2/ no segundo semestre de 2012. O foco deste documento é analisar os resultados dos benefícios econômicos gerais obtidos pela adoção do algodão geneticamente modificado, do milho geneticamente modificado e da soja tolerante a herbicida.